domingo, 20 de novembro de 2011

Dia da Consciência Negra

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA, CELEBRADO HOJE NO PAÍS, TEM O OBJETIVO DE FAZER A POPULAÇÃO REFLETIR SOBRE A INSERÇÃO DO NEGRO NA SOCIEDADE BRASILEIRA
Feliz dia da Consciência Negra! 
http://fc06.deviantart.net/fs70/f/2011/324/5/c/reflita_by_dricazinha-d4gqzco.png 
Zumbi foi o grande líder do quilombo dos Palmares, respeitado herói da resistência antiescravagista. Pesquisas e estudos indicam que nasceu em 1655, sendo descendente de guerreiros angolanos. Em um dos povoados do quilombo, foi capturado quando garoto por soldados e entregue ao padre Antonio Melo, de Porto Calvo. Criado e educado por este padre, o futuro líder do Quilombo dos Palmares já tinha apreciável noção de Português e Latim aos 12 anos de idade, sendo batizado com o nome de Francisco. Padre Antônio Melo escreveu várias cartas a um amigo, exaltando a inteligência de Zumbi (Francisco). Em 1670, com quinze anos, Zumbi fugiu e voltou para o Quilombo. Tornou-se um dos líderes mais famosos de Palmares. "Zumbi" significa: a força do espírito presente. Baluarte da luta negra contra a escravidão, Zumbi foi o último chefe do Quilombo dos Palmares.
O nome Palmares foi dado pelos portugueses, em razão do grande número de palmeiras encontradas na região da Serra da Barriga, ao sul da capitania de Pernambuco, hoje, estado de Alagoas. Os que lá viviam chamavam o quilombo de Angola Janga (Angola Pequena). Palmares constituiu-se como abrigo não só de negros, mas também de brancos pobres, índios e mestiços extorquidos pelo colonizador. Os quilombos, que na língua banto significam "povoação", funcionavam como núcleos habitacionais e comerciais, além de local de resistência à escravidão, já que abrigavam escravos fugidos de fazendas. No Brasil, o mais famoso deles foi Palmares.
O Quilombo dos Palmares existiu por um período de quase cem anos, entre 1600 e 1695. No Quilombo de Palmares (o maior em extensão), viviam cerca de vinte mil habitantes. Nos engenhos e senzalas, Palmares era parecido com a Terra Prometida, e Zumbi, era tido como eterno e imortal, e era reconhecido como um protetor leal e corajoso. Zumbi era um extraordinário e talentoso dirigente militar. Explorava com inteligência as peculiaridades da região. No Quilombo de Palmares plantavam-se frutas, milho, mandioca, feijão, cana, legumes, batatas. Em meados do século XVII, calculavam-se cerca de onze povoados. A capital era Macaco, na Serra da Barriga.
A Domingos Jorge Velho, um bandeirante paulista, vulto de triste lembrança da história do Brasil, foi atribuído a tarefa de destruir Palmares. Para o domínio colonial, aniquilar Palmares era mais que um imperativo atribuído, era uma questão de honra. Em 1694, com uma legião de 9.000 homens, armados com canhões, Domingos Jorge Velho começou a empreitada que levaria à derrota de Macaco, principal povoado de Palmares. Segundo Paiva de Oliveira, Zumbi foi localizado no dia 20 de novembro de 1695, vítima da traição de Antônio Soares. “O corpo perfurado por balas e punhaladas foi levado a Porto Calvo. A sua cabeça foi decepada e remetida para Recife onde, foi coberta por sal fino e espetada em um poste até ser consumida pelo tempo”.
O Quilombo dos Palmares foi defendido no século XVII durante anos por Zumbi contra as expedições militares que pretendiam trazer os negros fugidos novamente para a escravidão. O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.
A lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, incluiu o dia 20 de novembro no calendário escolar, data em que comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. A mesma lei também tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. Nas escolas as aulas sobre os temas: História da África e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, propiciarão o resgate das contribuições dos povos negros nas áreas social, econômica e política ao longo da história do país.

Museu Afro Brasil: religiões afrobrasileiras

Neste vídeo, você vai conhecer uma parte do núcleo Religiosidade Afrobrasileira que integra a exposição permanente do Museu Afro Brasil, em São Paulo.


Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.

Jesus te Ama e eu também, até a volta. 
Adriana Miranda!

domingo, 16 de outubro de 2011

O Poder da Palavra

  
"Ai, palavras, ai, palavras, que estranha potência a vossa!" Cecília Meireles


O Ser Humano é o único ser vivo no planeta Terra que utiliza a palavra como meio de comunicação intrapessoal (consigo mesmo) e interpessoal (com o outro). A palavra é um símbolo que expressa uma ideia, e está intrinsicamente relacionada com nossa mente. A mente, por sua vez, está relacionada diretamente com nossos sentimentos, com nosso corpo, com nossas atitudes e com nossas ações. A palavra escrita ou falada por nós tem grande influência na maneira como vivemos, pois é através dela que a maioria das pessoas se comunica com o mundo externo e até interno. Percebemos o poder que a palavra tem em nossa sociedade através de frases do tipo: "Dou-lhe a minha palavra !", "Quero a sua palavra.", "Dito e feito !" etc.

A palavra também está diretamente relacionada à capacidade de realização pessoal de cada um. Aquilo que acreditamos em nossas vidas são formuladas por frases que adotamos como verdade. Tais frases, também conhecidas por crenças, moldam a realidade à nossa volta.

Uma das maneiras de aumentar o poder de realização pessoal é alinhar a sua palavra com suas atitudes e ações. Algumas pessoas, ainda não conscientes dos inúmeros pensamentos que lhe afligem a mente, expressam verbalmente tudo que lhes vem à cabeça. Prometem, afirmam, pregam, sem perceber que suas atitudes e ações não condizem com aquilo que falam ou com o que foi dito. Tais pessoas dificilmente sentem-se realizadas ou capaz de realizar algo. Pode-se considerar que o poder da palavra destas pessoas está fraco. Algumas podem até conseguir uma aparente realização externa, mas o sentimento interno predominante não as satisfaz. Tal enfraquecimento de sua palavra vem da falta do estado de presença e, da consequente incongruência e desalinhamento entre a mente, o corpo, os sentimentos e as ações.

Uma forma de (re)fortalecer o poder de sua palavra é começar primeiro a perceber o que você diz à si mesmo e às pessoas à sua volta. Com o desenvolvimento desta atenção e percepção mental, você começará a notar que muitas frases que diz são crenças assimiladas de seus pais, professores, da sociedade ou de suas próprias experiências que o(a) marcaram no passado. Ao tomar consciência destes padrões você aumenta suas possibilidades e tem a escolha de seguir por um outro caminho. Neste ponto, é importante agir a partir daquilo que foi dito ou escolhido por você. Às vezes, a mente, ainda muito influenciada pelos antigos padrões, poderá encontrar maneiras para você não agir conforme ela mesma havia dito. Talvez venham pensamentos lhe dizendo que não há tanta importância em fazer aquilo que se prometeu, ou ela pode até mesmo gerar sensações de cansaço ou preguiça. Fique atento e esteja presente para possíveis sinais de auto-sabotagem como estes.

Uma outra dica para alinhar aquilo que você fala com o que você faz é começar com pequenas coisas. Por exemplo, ao marcar compromissos, por mais trivias que possam parecer, cumpra-os. Se você for solicitado a ir ou fazer algo que não tem tanta certeza que quer ou pode cumprir, peça um tempo para refletir e responder com mais calma.

Com a prática, o hábito de estar presente e atento à sua mente, seu corpo, seus sentimentos e suas atitudes, será tão natural que tudo aquilo que expressar verbalmente ou não, terá um grande poder de realização interior e em todo o campo à sua volta.

Autor: Saulo Nagamori Fong
Twitter: @SauloFong
Instituto União
http://www.institutouniao.com.br
      
http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif

Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te Ama e eu também, até a volta. 
Adriana Miranda!

sábado, 8 de outubro de 2011

Alguns dos melhores contos literário

A CAOLHA, de Júlia Lopes de Almeida,
A MEDALHA, de Lígia Fagundes Teles,
UMA HISTÓRIA DE JUDAS, de João Alphonsus.
BUGIO MOQUEADO, de Monteiro Lobato.
NUNCA É TARDE, SEMPRE É TARDE, de Sílvio Fiorani.
NINHO DE PERIQUITOS,  de Carvalho Ramos
TÍLBURI DE PRAÇA, de Raul Pompéia,    
DOIS CORPOS QUE CAEM, de João Silvério Trevisan,
O HOMEM DE CABEÇA DE PAPELÃO, de João do Rio,
EU ESTAVA ALI DEITADO, de Luis Vilela,
APOLO BRASILEIRO SEM VÉU DE ALEGORIA, de Antonio Alcântara Machado,

Obs: Quando estiver com o tempo livre, digitarei os contos.

Para a ouvi-los entre aqui:

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif

Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te Ama e eu também, até a volta. 
Adriana Miranda!

sábado, 1 de outubro de 2011

Dia Internacional da Terceira Idade

Em 14 de dezembro de 1990, a Assembléia Geral da ONU incluiu o dia 1º de outubro no seu calendário de comemorações especiais. Desde então, nessa data, comemoramos o Dia Internacional do Idoso.

Consideramos na terceira idade toda pessoa que possui 60 anos ou mais. No Brasil, essa camada da população já soma 19 milhões de cidadãos e vem crescendo a cada dia. Com a melhora nas condições de vida e tratamentos de saúde, a tendência é que daqui a 20 anos o número de pessoas acima dos 60 supere o de jovens de até 15 anos.

Para proteger e garantir os direitos do idoso foi sancionada, em 28 de dezembro de 2006, a Lei nº11.433 que criou o Estatuto do Idoso. Segundo ele, todo cidadão com 60 anos ou mais deve ter desconto de 50% nas atividades culturais e educativas; programas nos meios de comunicação com conteúdos culturais e educativos sobre o processo do envelhecimento e gratuidade nos transportes públicos urbanos, entre outros benefícios. O Estatuto garante também penalidades para quem mostrar imagens que desrespeitem as pessoas mais velhas ou para quem abandonar o idoso sem assistência.

A criação do Estatuto segue a tendência mundial do envelhecimento da população. Nos países desenvolvidos, a expectativa de vida é de 75 anos e com os avanços da medicina, essa população vem se tornando cada vez mais ativa e saudável. 

Fonte:http://www.igeduca.com.br/
http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif

Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te Ama e eu também, até a volta. 
Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

terça-feira, 12 de julho de 2011

Finalmente Férias...

https://lh3.googleusercontent.com/-b-urGNymZEA/Tef1ZLQXVeI/AAAAAAAAFfk/GDt5_KQO4v8/2838156ecasp3xpnt.gif 

Queridos seguidores/leitores e amigos

 
Hoje venho comunicar a todos vocês que ficarei um mês e meio off-line aqui dos meus blogs  e para despedir de vocês resolvi escrever estas linhas. Não vou poder fazer postagens por mais de 30 dias (snif, snif, snif), mas quando surgir uma oportunidade virei correndo ver vocês!!!!
Estejam certos que todos os dias estarei pensando nos meus
queridos seguidores/leitores e amigos.
https://lh4.googleusercontent.com/-KVnMsPjZIak/TgNSR-ZtgpI/AAAAAAAAFv8/KQ9MtYfHIv8/3003936735_1_7_oICOrONc.gif
Mas não deixe de visitar-me:
 Linguagem do Amor em Versos e Poesias.
 ✿.:*A Magia dos Sonhos_Momentos Drika Utópica*:.✿
\♥/ Mimos By Drika Miranda \♥/

Quero deixar aqui um super beijo.
  E este selinho que ofereço para todos que passarem por aqui.




Boas festas a todos aqueles
que vão sair de férias, cuidado com as estradas. 
E lembre sempre, "Deus te guia", 
mas você precisar ter cuidado. 
https://lh6.googleusercontent.com/-U7Sk5pX9FNE/TfaI4_6Eg0I/AAAAAAAAFog/nBkDgDtLTQQ/549057i52s2pstm0.gif "Se for dirigir, não beba."
 http://fc00.deviantart.net/fs70/f/2011/193/8/d/ferias_by_dricazinha-d3nd0q7.jpg
Deixo o meu muito obrigada pelo carinho de vocês.
Então, vou indo agora..
Volto assim que puder,
Beijinhos e inté.
Fuuiiiii!!!!
https://lh3.googleusercontent.com/-1qc3N9aV14Q/TdsNl7RceWI/AAAAAAAAFQM/2tvCd6auwWI/FUI.gif
Adriana Miranda


http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif

Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te Ama e eu também, até a volta. Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

quarta-feira, 4 de maio de 2011

MARCO POLO (1254-1324)

Marco Polo foi um mercador e viajante italiano, nasceu em 1254, Curzola, na Dalmácia (atual Croácia), na época província veneziana. Aos 17 anos acompanha o pai e o tio, ambos mercadores, em uma viagem de 24 anos ao Extremo Oriente.
Por volta do ano de 1278, Marco Polo chega à China. Permanece nesse país 17 anos, exercendo funções administrativas e diplomáticas na corte do soberano mongol, Kublai Khan, neto de Genghis Khan.
Em 1295, os Polo voltam à Veneza, com riquezas e especiarias. Três anos depois, Marco Polo é feito prisioneiro em uma batalha entre venezianos e genoveses...
Na prisão, em Gênova, narra suas aventuras no Oriente ao escritor toscano Rustichello, que redige o Livro das Maravilhas – A Descrição do Mundo. Marco Polo torna-se famoso.
Muitos de seus contemporâneos consideram seus relatos fantásticos e exagerados...
Abaixo, toda a extensão da viagem mostrada através de um bloco emitido pelo Vaticano, em 1996 (Scott: 1008), para comemorar o aniversário de 700 anos do retorno de Marco Polo da China, em 1295...
Ao sair da prisão volta para Veneza, onde fica até sua morte. Ao longo dos séculos, o Livro das Maravilhas transforma-se em um clássico como narrativa de viagem e retrato do Oriente, traduzido para diversas línguas... Em 1996, a sinóloga britânica Frances Wood lança um livro que discute a hipótese de que ele jamais tenha chegado até a China...

Folhinha de 17 valores emitida pela República da Guiné “Milênio III”, com fatos históricos do milênio e a viagem de Marco Polo à China no Século XIII. Os selos mostram:
1. Marco Polo jovem
2. Praça de São Marcos, em Veneza
3. Navio de Marco Polo
4. Priest buying incense, vindo da Arábia
5. Casas em Hama, na Síria
6. Ruínas da cidade de Saveh, Pérsia
7. Persian ventilator, Hormutz, Pérsia
8. Moncia Costume
9. Ulan Bator Abbey (1250), China
10. Imagem de Buda do século V, China
11. Grande Muralha da China
12. Guerreiro das armas de Kublai Khan
13. Navio no rio Yangtze Kiang, China
14. Arqueiro japonês
15. Golden Plate, presente de KK a Polo
16. Medalhão de Marco Polo
17. Kublai Khan

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif
Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te ama e eu também. Até a volta, Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

Sintese _ Mapeando a Terra

http://info.abril.com.br/aberto/infonews/fotos/satelite-alemanha-mapa-3D-20100621171257.jpg
Mapear a Terra sempre foi uma necessidade do seres humanos para poder ter controle sobre o território ocupado. Em conflitos militar, é essencial conhecer o território inimigo e o seu próprio território.

Desde as mais antigas civilizações, as pessoas tentaram representar a terra e os fenômenos que ocorrem na superfície terrestre. A partir de observações e registros, diferentes grupos sociais, considerando sua cultura e religião representavam a terra de diferentes maneiras.

A superfície terrestre pode ser representada em um espaço pequeno, como uma folha de papel. Para isso, é necessário reduzir o tamanho do que se pretende representar e definir a escala. A identificação dos elementos representados é feto por meio de símbolo ou sinais organizados na legenda, Também pode ser representada em um globo terrestre.

A cartografia temática utiliza bases existentes, como fenômenos quantitativos e qualificativos transformados em grafismo. E uma metodologia adequada para o tratamento da informação. Esses mapas são chamados de mapas temáticos. A escala pode ser gráfica ou numérica. Quanto maior for a superfície a ser representada, maior a quantidade de elementos que se podem ser identificados. As principais representações cartográficas são as plantas e os mapas, como as cartas topográficas.

A legenda, a escala e a rosa dos ventos devem ser incluídas em todas as representações cartográficas. Todo mapa é desenhado a partir de uma visão denominada de vertical, porque é de cima para baixo. Todas as pessoas possuíam a visão em terceira dimensão, mas, quando cartógrafo vai desenhar um mapa. Ele o fará do ponto mais central da fotografia usada como referencia. Já a visão que temos da janela do prédio ou a que aprece representada em fotografias e desenhas é denominada obliqua, ou seja, visão de cima para o lado.

A partir de coletas e dados e de seu tratamento estáticos, podem-se construir tabela e gráficos. As tabelas apresentam os dados organizados. Os gráficos representam as informações registrando-as por meio de sinais, desenhos, cores e imagens. Os principais tipos de gráficos são: de linha, de barra e polares ou de setores.

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif
Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te ama e eu também. Até a volta, Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

sexta-feira, 29 de abril de 2011

João Paulo II será beatificado no dia 1º de maio

(2http://www2.ucg.br/flash/Flash2011/Abril11/110429joaoPauloII.jpg
9/04/2011) - O papa João Paulo II, falecido em 2 de abril de 2005, aos 84 anos, será beatificado no domingo, 1º de maio, 6 anos e 1 mês após sua morte. O arcebispo de Goiânia, dom Washington Cruz, está em Roma para acompanhar a beatificação.
João Paulo II comandou a Igreja Católica no mundo por 27 anos e deixou sua marca de conciliação e de defesa das causas sociais, sempre pregando a paz, os direitos humanos e a aproximação entre culturas e religiões.
O polonês Karol Wojtyla foi o primeiro papa não italiano em 455 anos. Sucedeu João Paulo I, que morreu 34 dias após assumir o posto de líder supremo da Igreja Católica. João Paulo II ficou conhecido pelo seu carisma e pela busca, contínua, do entendimento internacional.

O aprofundamento da Teologia e a devoção à Maria foi uma das duas marcas do pontificado de João Paulo II, que deixou extensa obra, incluindo, entre outras, encíclicas, constituições e cartas apostólicas.


A reconciliação com os judeus, a proteção da vida humana desde antes do nascimento e a reafirmação dos princípios tradicionais da Igreja Católica no campo da moral sexual estão entre os principais temas dos discursos e ensaios de João Paulo II.


O milagre


O milagre atribuído ao papa João Paulo II, que foi aprovado por médicos e teólogos consultados pela Congregação para as Causas dos Santos, foi a cura da freira francesa Marie Simon-Pierre, que sofria de mal de Parkinson. Segundo a avaliação, a cura da religiosa foi "imediata e inexplicável". A freira francesa, que era enfermeira, curou-se inexplicavelmente após suas orações e pedidos a João Paulo II poucos meses depois de sua morte, em abril de 2005.

No dia 19 de dezembro de 2009, o papa Bento XVI aprovou as "virtudes heróicas" do papa polonês João Paulo II venerado já em vida. Com elas, iniciou-se a investigação do "milagre" atribuído, que deve ser examinado por várias comissões. O processo de beatificação de João Paulo II foi iniciado por Bento XVI dois meses após a morte, no dia 2 de abril de 2005, de seu predecessor.

Fonte:Puc Notícias de Goiás

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif
Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te ama e eu também. Até a volta, Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Biografia Charles Chaplin


Sir Charles “Charlie” Spencer Chaplin foi o mais famoso ator dos primeiros momentos do cinema hollywoodiano, e posteriormente um notável diretor. No Brasil é também conhecido como Carlitos (equivalente a Charlie), nome de um dos seus personagens mais conhecidos. Chaplin foi uma das personalidades mais criativas da era do cinema mudo; ele atuou, dirigiu, escreveu, produziu e eventualmente financiou seus próprios filmes. Chaplin, cujo quociente de inteligência era de 140, foi também um talentoso jogador de xadrez e chegou a enfrentar o campeão americano Samuel Reshevsky. Nasceu em Walworth, Londres, dos pais Sr. Charles e Hannah Harriette Hill, ambos animadores do Music Hall.

Seu principal personagem foi O Vagabundo (The Tramp): um andarilho pobretão com as maneiras refinadas e a dignidade de um cavalheiro, vestindo um casaco firme e esgarçado, calças e sapatos desgastados e mais largos que o seu número, um chapéu-coco ou cartola, uma bengala de bambu e sua marca pessoal, um pequeno bigode.

Chaplin iniciou sua carreira como mímico, fazendo excursões para apresentar sua arte. Em 1913, durante uma de suas viagens pelo mundo, este grande ator conheceu o cineasta Mack Sennett, em Nova York, que o contratou para estrelar seus filmes.

Em 1918, no auge de seu sucesso, ele abriu sua própria empresa cinematográfica, e, a partir daí, fazia seus próprios roteiros e dirigia seus filmes. Crítico ferrenho da sociedade, ele não se cansava de denunciar os grandes problemas sociais, tais como a miséria e o desemprego. Produziu grandes obras como: O Circo, Rua de Paz e Luzes da Cidade.

Adepto ao cinema mudo, o também cineasta, era contra o surgimento do cinema sonoro, mas como grande artista que era, logo se adaptou e voltou a produzir verdadeiras obras primas: O Grande Ditador, Tempos Modernos e Luzes da Ribalta.

Na década de 1930 seus filmes foram proibidos na Alemanha nazista, pois foram considerados subversivos e contrários a moral e aos bons costumes. Porém, na verdade, representavam uma crítica ao sistema capitalista, à repressão, à ditadura e ao sistema autoritário que vigorava na Alemanha no período.

Em 1965, publicou sua autobiografia, Minha Vida. Em 1977, na noite de Natal, o mundo perdeu um dos grandes representantes da história do cinema.
Fonte: pensador.uol.com.br/

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gif
Muitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.
Jesus te ama e eu também. Até a volta, Adriana Miranda!
https://lh3.googleusercontent.com/-zef7o8Lb_mc/TdsNjuLVUPI/AAAAAAAAFQE/5YVSBUiPUJs/barra_grande.gif

terça-feira, 12 de abril de 2011

Deus que que sejamos livres

Direito a liberdade.

Muitas pessoas acreditam que a escravidão acabou há mais de 100 anos no Brasil. Contudo, a realidade retrata situações gritantes de escravidão nos dias de hoje. O trabalho infantil. O preconceito em relação ás mulheres, o desemprego, o subemprego de drogas são exemplos de escravidão.

“Pensar o Direito é pensar a Liberdade. Fazer agir o Direito, é viver a Liberdade. Intrinsecamente ligados, mister é que se faça valer o direito à liberdade dentro dos parâmetros e paradigmas do Direito, isto é, temos o direito de nascer, crescer, estudar, comer, morar... e morrer. Esses direitos são necessários para se encontrar, de uma forma ou de outra, os caminhos, as metas e os objetivos de cada indivíduo - tanto para o bem, quanto para o mal -, ou seja, a liberdade será determinada pelos seus princípios de "direito": o errar e o acertar.

A liberdade, antes de tudo, deve ser vista com responsabilidade. A responsabilidade de nossos atos é fator sumamente importante para que possamos fazer jus a "essa tal liberdade"... (Rosana Madjarof). Portanto, liberdade nada mais é, do que o errar e acertar.


Para refletir.

O que significa ser livre?

Há diferente formas de escravidao. De quais delas você já ouviu falar?

Você poderia ser feliz sendo escravo? Por quê?

Que relação há entre liberdade e reposnsabilidade?

http://lh4.ggpht.com/_2iDLC8zliko/SS8VHC28AgI/AAAAAAAAEWM/Wp9sYQDVavg/s144/327955539_1570614.gifMuitos Beijos no colaçãozinho de toda(o)s.

Jesus te ama e eu também. Até a volta, Adri Miranda!

EDUCAÇÃO_ Desbravando Novos Horizontes